Reforma

Como proteger móveis da casa durante uma reforma?

proteger móveis: mulher carregando uma caixa de mudança

Durante uma reforma, são muitos os cuidados que devem ser tomados a fim de proteger móveis e objetos decorativos incorporados à residência.

Fato é que uma obra mal planejada pode danificar e até mesmo inutilizar pisos, mobílias e outros artigos. Com isso, além do prejuízo financeiro, ainda corremos o risco de ficar sem os objetos pelos quais temos apreço e carinho.

Isso acontece porque é comum que, com as inúmeras preocupações com a obra, acabemos relegando os cuidados de armazenamento e proteção dos móveis para segundo plano. Muitas vezes, só nos damos conta dessa falta depois de um prejuízo causado por algum imprevisto. Mas, a verdade é que ninguém quer perder seus bens, certo?

No post de hoje, selecionamos 6 dicas para ajudar na tarefa de proteger os móveis da casa e todos os seus pertences durante a reforma. Leia agora e descubra quais são elas!

1. Organize os itens por setores

Antes de sair encaixotando todos os itens para liberar espaço para a reforma é preciso estudar a melhor maneira de facilitar a reorganização da residência após a conclusão dos trabalhos.

Por isso, é preciso tomar algumas providências, como disponibilizar a quantidade suficiente de caixas de papelão para encaixotar os objetos menores. É necessário, ainda, adquirir outros materiais, como fita adesiva, manta protetora ou plástico resistente e etiquetas para a identificação de cada caixa.

O aconselhável é que as caixas com os itens de cozinha sejam colocadas todas juntas. O mesmo deve ser feito com os objetos dos demais ambientes da casa, como banheiros, sala, escritório e quartos.

Lembre-se de sinalizar por fora das caixas, com letras grandes e legíveis, a área que corresponde aos itens guardados em cada uma. Isso vai contribuir para uma organização perfeita.

2. Evite avarias e perdas

Durante a reforma, haverá a circulação de vários profissionais, trabalhando e transportando os mais diversos materiais de construção. Isso sem contar as ferramentas e outros equipamentos como escadas e utensílios mais pesados.

Por isso, é de suma importância proteger os móveis e eletrodomésticos e todos os demais elementos decorativos, como quadros, vasos, plantas, entre outros. Para evitar avarias causadas pela sujeira da obra ou por acidentes, esses artigos precisam ser devidamente embalados.

Os itens de decoração merecem uma atenção especial e, por isso, devem ser envolvidos um a um em plástico bolha e guardados em local fechado, como armários. Atente-se para não abarrotar os armários, amontoando os artigos de qualquer jeito, correndo o risco de queda e destruição da peça.

Uma ótima opção seria a retirada de quadros e outros ornamentos, principalmente os mais frágeis e valiosos do local. Assim, eles poderiam ser transferidos para um lugar protegido, longe da reforma. Esse cuidado também vale para os eletrodomésticos.

Outra estrutura da casa a ser bem protegida é o piso. Para isso, é necessário que toda a sua superfície seja forrada com papelão e/ou plásticos maiores e de um material mais resistente que o padrão.

Informe-se sobre uma proteção própria para pisos, que seja durável e bem eficaz. Esses produtos podem ser adquiridos em algumas papelarias e em casas especializadas em material de construção.

3. Embale os utensílios adequadamente

Os utensílios domésticos, como copos, pratos, talheres, panelas e outros, também devem ser cuidadosamente embalados para proteger móveis.

Visando resguardá-los de forma eficiente, é aconselhável envolvê-los, individualmente, em plástico bolha, e acondicioná-los em caixas de papelão. Para preencher os espaços dentro da caixa, uma opção são as míni esferas de isopor.  

4. Guarde os móveis com cuidado

Os móveis soltos, como mesas, camas e sofás, devem ser retirados da área onde a reforma ocorrerá. Caso isso não seja possível, é imprescindível protegê-los de forma adequada para que não ocorram surpresas desagradáveis ao fim da obra.

Para proteger a mobília fixa, recomenda-se que eles sejam cobertos com mantas ou lençóis velhos. Feito isso, é necessário revestir todo o móvel com plástico grande o suficiente para uma cobertura total. Esse revestimento deve ser fixado com fita crepe.

Dessa forma, você evita que respingos ultrapassem a barreira do tecido formada pelos lençóis e sujem ou danifiquem os móveis.

5. Separe as roupas de uso cotidiano

Caso você vá para outro local durante a reforma, será preciso levar algumas peças de roupa. E, se for continuar em casadurante as obras, logicamente vai precisar seguir uma rotina, como tomar banho e trocar de roupa.

Então, tanto se os armários estiverem bem protegidos em outro local, longe do caos da obra, quanto se estiverem na casa, é bom separar as peças que você usará com mais frequência para tê-las à mão, quando precisar.

Mesmo porque, toda a mobília que continuar no imóvel precisará ser envolvida por material protetor e, certamente, estará lacrada, para não entrar sujeira.

Uma boa dica é colocar as peças em malas, separando as roupas de vestir em uma mala e as roupas de cama e banho em outra. Assim, além de encontrar a que você procura com mais rapidez, elas ainda estarão limpas e próprias para o uso.

Tanto as roupas de vestuário quanto os artigos do enxoval da casa que quase não são usados também devem, se possível, serem guardadas em outro local, longe dos riscos de serem manchadas ou rasgadas.

6. Considere optar por um self storage para proteger móveis

Uma ótima opção para guardar os mais variados itens com segurança, comodidade e autonomia é em um self storage.

Esse moderno conceito de armazenagem é muito mais do que um guarda-móveis. Isso porque, entre outras vantagens, ele permite que o cliente acesse livremente o local onde seus bens estão guardados.

Todos as peças acondicionadas no self storage ficam em um box individual, acessado exclusivamente pelo cliente. Além disso, o local onde se localizam esses compartimentos tem a limpeza, a climatização e a segurança garantidas pelo contrato de locação firmado. É uma ótima forma de proteger móveis.

Sendo assim, essa é uma excelente solução para quem vai reformar a casa e também para as pessoas que pretendem se mudar e morar um tempo no exterior.

Quase todo mundo já conhece o caminho das pedras de lidar com uma reforma em casa e ao mesmo tempo ter de se ocupar em preservar todas as suas coisas dos estragos causados pela poeira e por outros contratempos que possam ocorrer.

Agora que você já conhece o self storage, pode contar com uma solução moderna, econômica e segura para facilitar a sua vida nessa e muitas outras demandas. Vale a pena apostar na tranquilidade e na paz que você conseguirá elegendo um self storage todas as vezes em que precisar proteger móveis e muito mais!

Você está em busca de uma solução eficiente para proteger móveis durante a reforma? Então entre em contato conosco e conheça os serviços que oferecemos para garantir a segurança dos seus pertences!

Você também pode gostar
reformas de casas
Reformas de casas: o que saber antes de iniciar a sua
reforma de apartamento
Conheça as 5 principais etapas para a reforma de um apartamento
Saiba como reformar sem sair de casa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This