Dicas Organização

9 ideias para organizar o guarda-roupas e liberar mais espaço

guarda-roupas

Organizar o guarda-roupas para liberar mais espaço e deixar a casa arrumada é um grande desafio para muita gente. Com a rotina cada vez mais corrida, nem sempre sobra tempo para executar essa tarefa, que pode ser bem minuciosa — afinal, é preciso avaliar cada peça para decidir o que pode ser descartado e o que queremos manter. Mas o que fazer quando falta espaço no móvel?

                                                 

Deixar roupas e acessórios amontoados de qualquer jeito não é uma opção: os itens ficarão amarrotados, dando mais trabalho na hora de usar e prejudicando a funcionalidade e o visual do ambiente. Para facilitar a localização de cada peça e otimizar o processo de escolha, portanto, é preciso promover uma organização periódica no armário.

A boa notícia é que existem alguns truques para solucionar essa demanda com praticidade e rapidez. Quer saber quais são eles? Continue a leitura e veja as 9 ideias que listamos aqui para ajudar você a otimizar o espaço e manter o guarda-roupas sempre organizado!

1. Promova uma separação periódica dos itens pouco usados

Para começar a arrumação, é preciso esvaziar o guarda-roupas e separar as peças menos usadas. Tenha bastante atenção nessa etapa para decidir exatamente quais você quer conservar e de quais pode se desfazer.

guarda-roupas

Uma boa opção é organizar e acondicionar as roupas e objetos pouco usados em caixas devidamente identificadas. Essas caixas, por sua vez, podem ser armazenadas em outro espaço, desde que ele seja limpo, seguro e arejado. Assim, os artigos estarão sempre vistosos e adequados para o uso quando você precisar!

                                                               

2. Planeje o espaço certo para cada coisa no guarda-roupas

O planejamento também faz parte da organização de um guarda-roupas. Aqui, é preciso pensar em diferentes maneiras de separar os itens, buscando sempre aumentar a funcionalidade da mobília.

Caso você divida o guarda-roupas com outra pessoa, esse planejamento é ainda mais importante para evitar a mistura de peças e objetos pessoais e garantir a integridade de cada item.

3. Utilize organizadores, caixas e cestos

As caixas, prateleiras e cabides ajudam na separação e no acondicionamento dos itens. É recomendável começar pelos cabides, que devem ser separados pelo tipo de material — como madeira, metal ou plástico. Uma boa opção e colocar as roupas mais pesadas nos de madeira, deixando os de metal ou plástico para as peças mais leves.

Todos os cabides devem ser arrumados com o gancho virado para dentro, o que tornará o manuseio mais fácil e dará uma aparência melhor ao guarda-roupas. Outra maneira de facilitar o acesso às peças é colocando as mangas longas dobradas para a parte da frente da roupa, por exemplo, evitando que elas se enrosquem em outras.

guarda-roupas

Já as roupas íntimas podem ser guardadas em caixas organizadoras para lingerie ou em gavetas, que devem ser devidamente separadas por divisórias ou por tubos próprios para peças pequenas.

Outra boa dica aqui é apostar em caixas e cestos decorados para acomodar roupas de cama, mesa e banho.

4. Aproveite as portas do guarda-roupas

Aproveitar as portas dos armários é importante, principalmente para as pessoas que possuem guarda-roupas pequenos ou necessitam de um espaço extra. Ao fixar ganchos nessas estruturas, você obtém um bom lugar para pendurar objetos pequenos, como cintos, bolsas, lenços, bijuterias e até mesmo aquelas peças mais utilizadas. Também vale a pena utilizar as portas para instalar organizadores de sapatos e espelhos.

5. Aposte nos anéis de latinhas e cortinas

É isso mesmo: os anéis das latinhas de refrigerante e das cortinas para box podem dar um up no aproveitamento do espaço!

O anel de latinha pode ser agregado ao gancho de um cabide para anexar outro, que ficará um pouco mais baixo, possibilitando a incorporação de mais roupas. Já os anéis da cortina de box podem ser introduzidos na parte inferior de um cabide, que funcionará como suporte para pendurar novos cabides em cada argola.

6. Promova a organização por tipos e modelos

Ao retirar ou colocar uma peça do armário, é preciso ficar atento para manter cada coisa em seu lugar. Antes de organizar tudo, portanto, analise a maneira ideal para incorporar cada tipo e modelo de roupa a ser guardada.

Os cabides, por exemplo, são eficientes para proteger peças como camisas, casacos, blusas, jaquetas, saias e calças sociais. Elas devem ser expostas seguindo uma ordem —primeiro as camisas de manga longa, depois as de mangas curta ou as saias compridas, seguidas das mais curtas e assim sucessivamente.

Já as prateleiras vão acomodar muito bem as toalhas, os moletons, as malhas e o tricô, tudo dobrado cuidadosamente. A disposição das cores — da mais escura para a mais clara, por exemplo — ajuda a realçar a arrumação. Quanto às gavetas, elas podem receber as blusinhas, os tops e as peças menores — como lingeries — arrumadas em divisórias ou tubos organizadores.

guarda-roupas

7. Faça charmosos rolinhos com as camisetas e toalhas

Esse é um belo truque para deixar as camisetas sempre à mão e ainda mantê-las lisinhas. As peças podem ser separadas por cor ou por modelo e expostas nas prateleiras, o que facilitará sua localização. Esses charmosos rolinhos também podem ser feitos com as toalhas de rosto e de banho usadas no dia a dia, dando um toque moderno ao ambiente.

8. Atente-se para as estações do ano

Essa é outra grande dica para agregar funcionalidade e praticidade ao roupeiro. Apesar da variação climática em nosso país, deixar à mão somente o vestuário propício à estação do momento. Essa é uma das formas mais eficientes de evitar a bagunça causada pela procura de peças escondidas no fundo do móvel.

guarda-roupas

Portanto, na hora de avaliar quais peças serão descartadas, lembre-se de separar também aquelas que podem ser armazenadas em outro local.

9. Armazene os itens que não são usados com frequência no self storage

O self storage é uma alternativa muito vantajosa para armazenar os mais variados produtos, incluindo artigos de vestuário, cama, mesa e banho, além de móveis, objetos decorativos, documentos e muito mais.

guarda-roupas

Os benefícios desse modelo de autoarmazenagem são muitos! Confira abaixo os principais:

  • locação mensal, simples e acessível, pelo tempo que for preciso, sem cobrança de multas e sem a preocupação com pagamentos de taxas de luz, água, condomínio e IPTU;
  • boxes individuais, do tamanho que você quiser, localizados próximos aos grandes centros, em galpões climatizados, limpos e seguros com monitoramento dia e noite;
  • privacidade e facilidade de acesso, permitido por meio eletrônico, cuja senha é disponibilizada apenas para o responsável pelo aluguel;
  • possibilidade de armazenamento de quase todos os tipos de produtos e mercadorias, exceto perecíveis e inflamáveis;
  • tranquilidade e praticidade para deixar os seus pertences sempre que precisar de espaço em casa ou por diversos motivos, como reforma e mudanças.

Como você viu, é totalmente possível deixar sua casa mais linda, organizada e aconchegante sem deixar de conservar as coisas que você tanto ama! E caso falte espaço, basta escolher uma empresa confiável para acomodar o que você precisar.

Gostou das nossas ideias para organizar o guarda-roupas e quer encontrar uma solução eficiente para armazenar seus pertences? Entre em contato conosco e saiba como aproveitar todas as vantagens do self storage, um dos mais modernos conceitos de armazenamento do mercado!

Você também pode gostar
Logística para e-commerce: conheça as 5 melhores práticas
como arrumar a casa
Como arrumar a casa mais rápido: 4 dicas de ouro
guardar as malas
4 dicas de como e onde guardar suas malas e bolsas de viagem

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This